quarta-feira, 30 de julho de 2014

GUBILA (グビラ) - ULTRAMAN



Monstro submarino que ataca uma base submarina recem construída. seu ataque deixa várias pessoas presas na base, incluindo membros da patrulha Científica. Eventualmente, foi atraído para  a terra e morto por Ultraman.

terça-feira, 29 de julho de 2014

GORA (ゴラ) - ULTRAMAN 80



Monstro utilizado pelo Alien Vibros como arma para a conquista da Terra. Gora apareceu pela primeira vez como um ovo que estava escondido dentro das montanhas Asada. Logo após a eclosão, Gora começou a absorver o magma da Terra, o que fazia com que ele se tornasse cada vez mais poderoso.

 

SALAMANDORA (サラマンドラ) - ULTRAMAN 80

 

SALAMANDORA - ULTRAMAN 80 EP. 13

ZARUDON (ザルドン) - ULTRAMAN 80

ULTRAMAN 80 - EPISÓDIO 14






domingo, 27 de julho de 2014

DADA (ダダ ) - ULTRAMAN

 
 
Alienígenas que atacam a Terra para abduzir seis humanos para fins desconhecidos. Para conseguí-lo, o líder envia o seu melhor agente, o n° 271 (a espécie possui números de registro, não nomes). O agente 271 decide que o melhor lugar para conseguir os espécimes é um laboratório de pesquisas japonês. Para impedir a entrada de outras pessoas no laboratório (mais especificamente a Patrulha científica), o agente 271 cria várias armadilhas.
 
 

GABORA (ガボラ) - ULTRAMAN

 

Monstro que se alimenta de radioatividade. Ele aterrorizou várias usinas radioativas e consumiu todo o rádium que poderia encontrar. Ele deu muito trabalho para Ultraman, que conseguiu vencê-lo após arrancar as placas de metal ao redor de  sua cabeça.
 
 

sábado, 26 de julho de 2014

ANTLAR (アントラー) - ULTRAMAN

 
 
Durante uma missão para investigar a queda de um meteoro, a Patrulha Científica encontra uma civilização ameaçada pelo monstro Antlar, um inseto gigante. Essa civilização adora uma imagem de Ultraman como se ele fosse um deus. há muito tempo, esse Ultramna deixou para eles uma pedra azul, que vai ser decisiva na luta entre o atual Ultraman contra o monstro Antlar, que parece ser imune ao ultra raio.
 
 

KING JOE (キングジョ) - ULTRASEVEN



Aparecendo pela primeira vez na forma de quatro naves que se uniam, King Joe foi enviado pelo alien Pedan como sua principal arma para conquistar a Terra. As quatro naves apareceram pela primeira vez ao atacar um submarino e em seguida foi em direção a uma embaixada da ONU, onde Ultraseven o enfrentou pela primeira vez, mas King Joe mostrou-se um adversário muito mais poderoso do que o esperado.Mais tarde King Joe atacou a baia de Tóquio, onde travou a batalha decisiva contra a patrulha Ultra e contra Ultraseven 


JAMILA - ULTRAMAN (ウルトラマン)



Jamila (ジャミラ), Também conhecido como Jamira e Jamilar, era um astronauta que se perdeu o espaço e desembarcou em um planeta onde sobreviveu até ser transformado em um monstro após contato com um agente mutagênico extraterrestre. Ele voltou à Terra para se vingar da raça humana, mas foi morto por Ultraman. Considerada uma vítima de um destino infeliz, uma placa foi criado em memória do ex-humano.





quinta-feira, 24 de julho de 2014

Z-TON - ULTRAMAN



Um gigante e poderoso cyborg humanóide que apareceu no episódio 39, o último, da primeira série Ultraman. Semelhante ao papel do rei Ghidorah na saga Godzilla, Zetton é considerado o monstro mais poderoso do universo.
 
Um alienígena se infiltra na sede e subjuga o Doutor IwamotoEsse alienígena Zetton então assume a forma de Iwamoto e sabota muitos dos equipamentos da Patrulha da Ciência. A Patrulha eventualmente persegue o alienígena e o mata. Mas emergindo da terra surge Z-Ton, para terminar o trabalho. Hayata se transforma em Ultraman para uma última vez.
 
 

SACERDOTISA PAÚ - SHAIDER (宇宙刑事シャイダー )

 
 
Sacerdotisa Paú ( Shikan Poe(Sacerdote Poe) no original) - Braço direito de Kubilai. Sempre astuta arma planos mágicos para Fuuma para expor a desordem no Planeta, não gosta de lutar. Para ela, a conquista não se deve usar violência. Torna-se bela através da essência de Kubilai, porém sua verdadeira forma é um monstro feio. No final da série, ela fica vagando no Tempo Espacial Mágico com os monstros raros de Fuuma. No texto original, Paú sempre foi chamada de "sacerdote" e nunca de "sacerdotisa". E sempre se fez referência a ela como se fosse um homem, ao mesmo tempo em que no áudio original podemos ouvir que ela sempre fala com voz de homem, embora com um tom afeminado. Assim, parece claro que a personagem foi projetada para ser realmente uma transexual, mas a tradução do seriado no Brasil parece ter confundido isso.
 
 

TITÂNIA - JASPION (巨獣特捜ジャスピオン)

 
 
Titânia (ep. 22) (original: Tikita) - feiticeira maligna que coloca em Kanoko uma maldição em que uma aranha aparece na testa da filha de Nambara, modificando sua personalidade para o mal. Titânia chega acompanhada do monstro-aranha Kumoda, mas pouco depois se revela que ela e o monstro são o mesmo ser. Ela é a mestra de Purima e, assim como ela, tem poderes mais limitados que os de Kilza e Kilmaza.
 
 

terça-feira, 22 de julho de 2014

HERBAIRA - SPIELVAN (時空戦士スピルバン)

 
Herbaira  – guerreira na qual Helen (irmã de Spielvan) foi transformada após um implante cibernético feito por seu pai e acionado por controle remoto a fim de que ela eliminasse Spielvan. Na luta entre Spielvan e Lady Diana contra a forma mutante do Doutor Bio os heróis foram informados por Helen acerca da verdadeira identidade do vilão, mas nesse meio-tempo a Rainha Pandora detonou uma bomba com o objetivo de destruí-los (ep. 21). Dada como morta até o episódio 29 quando foi encontrada por Diana, na qual teve sua última aparição e a partir do capítulo 31 deu lugar a Lady Helen. Originalmente chamada de Hellvira.
 
 

ARACNIN MORGANA - JIRAYA (世界忍者戦ジライヤ)

 
Aracnin Morgana (妖忍 クモ御前): uma feiticeira que fora derrotada por Tetsuzan no passado. Volta à vida nos tempos atuais e passa a auxiliar Dokusai. Usa um rifle como arma em sua forma jovem. Embora Jiraya não consiga vencê-la é Tetsuzan que a vence novamente, em um duelo no final da série. Seu nome original é traduzido como "Ninja Feiticeira Madame Aranha".
 
 

REI YAGYU / KININ REIHA - JIRAYA (世界忍者戦ジライヤ)

 
 
Rei Yagyū/Kinin Reiha (柳生 レイ/貴忍 麗破): kunoichi da família Yagyu e também agente do Serviço Secreto Japonês, expert em ataques surpresa e em espreitar os inimigos de Jiraiya para colher informações. Sabe leitura labial, como demonstra em sua primeira aparição. Reiha possui um brilho misterioso nos olhos, o mesmo do pote que os Yamashi mantêm. Normalmente faz parcerias com Yarinin Spiker. No início da série, usa o poder de seus olhos e salva Jiraiya de Kannin Dragon e Chang Kung Fu Jr., mas perde a memória e entra em coma. Depois volta a ativa e ajuda o grupo Yamashi. Durante a luta contra Adolf Sugitani, Toha é mortalmente ferido e Tetsuzan solicitou a Rei para que ajude Toha em uma transfusão de sangue. Tetsuzan revela a Rei e Toha que ambos são descendentes de Paco.
 
 

TOHA YAMAJI - JIRAYA (世界忍者戦ジライヤ)



Touha Yamaji/Jiraiya (山地闘破/ジライヤ (磁雷矢): o protagonista da série. Quando era pequeno, seus pais foram mortos e ele foi adotado pro Tetsuzan como filho. É treinado por seu pai adotivo para tornar-se um ninja e sucedê-lo na linha dos sucessores de Togakure. Quando sua irmã é raptada pela Família de Feiticeiros, Toha recebe a armadura de Jiraiya e sua respectiva arma, a Espada Olímpica (磁光真空剣) e inicia a luta contra a  Família de Feiticeiros e contra os ninjas do Império.
 
 

domingo, 20 de julho de 2014

KANNIN DRAGON - JIRAYA (世界忍者戦ジライヤ)

 
 
Kannin Dragon (漢忍 緑 龍): País : China. Ninja chefe do Tráfico de Sekijatan (um droga fictícia na série que causa acesso de raiva seguido de dores de cabeça violentas), alia-se aos Feiticeiros para aumentar a venda da droga no Japão. Buscava também vingar-se de Spiker que descobriu e acabou com sua Organização de Tráfico de Sekijatan na China. Adepto do Kung Fu usa técnicas malabaristas para lutar, além de estar sempre ingerindo bebida alcoólica. Usa com principal magia o Golpe torpente, além de ser transformar num terrível Dragão. Quase elimina Jiraiya com a ajuda do filho de Kanin Chang Fu, mas acaba sendo derrotado. Kannin漢忍 significa Ninja da China; e Ryoku ryū 緑 龍 é "Dragão Verde"
 
 

BAKUNIN HOMEM MÍSSEL - JIRAYA (世界忍者戦ジライヤ)

 
 
Bakunin Homem Míssil (爆忍 ロケットマン): este ninja canadense é especialista em explosivos e pólvora. Empunha um lançador de foguetes, que ele normalmente carrega em suas costas. No entanto, ele não é perito em contra-ataques. Um veterano da Guerra do Vietnã, ele decidiu fugir do conflito depois que ele encontrou uma jovem chamada Tao (タオ), Cujos pais foram mortos. Ele forjou sua morte e adotou Tao como sua própria filha. No episódio 14, ele vai para o Japão pela primeira vez, a fim de limpar seu nome após o Clã Feiticeiros o acusarem de um atentado a bomba e sequestros que ele não cometeu. No episódio 44, ele é forçado a lutar contra a sua vontade contra Jiraiya quando Tao é sequestrada pelo Clã Feiticeiros. Depois de Tao ser salva, ele retorna ao lado Storm e Wild, a fim de ajudar Jiraiya na batalha final contra os feiticeiros
 
 

JONIN BARÃO OWL - JIRAYA (世界忍者戦ジライヤ)

 
 
Jonin Barão Owl (城忍 フクロウ男爵, ): o primeiro membro do Império Ninja a aparecer na série. Ele é, na verdade, um cavaleiro britânico adepto do cristianismo (em especial o anglicanismo) e luta com uma espada claymore escocesa. Deseja utilizar Pako para acabar com a fome, a injustiça e a miséria do mundo. Quase morre no episódio 9, quando cai do alto de uma cachoeira por conta de uma emboscada planejada pelos Feiticeiros, mas posteriormente aparece vivo para Jiraiya e torna-se seu aliado. Seu nome se traduz literalmente como "Ninja do Castelo Barão Coruja".
 
 

domingo, 13 de julho de 2014

DOUTOR EINSHTEIN - CYBERCOPS (電脳警察サイバーコップ)

 
 
Doutor Einshtein (エインシュタイン博士): Especializado em "teoria superfísica", cria e controla os robôs Ominus, que têm em comum a blindagem preta e o fato de serem usados em missões que exigem maior poder de destruição. Morre no episódio 24, após ser atingido por uma pedra na cabeça e soterrado em decorrência da destruição da primeira base da Destrap.

MADAME DURWIN - CYBERCOPS (電脳警察サイバーコップ)

 
 
Madame Durwin (デューイン女史): Cria e controla os robôs Harkos, que têm em comum a blindagem branca e o fato de serem usados em missões que exigem maior precisão. Assim como Einshtein e Ploid, Durwin é uma ciborgue criada por Kageyama para servir aos propósitos da organização. Nos últimos episódios, descobre a verdade e se volta contra seu criador, sendo destruída por ele, não antes de avisar Luna que o mesmo planeja explodi-la junto com o trem expresso.
 
 

BARÃO KAGEYAMA - CYBERCOPS (電脳警察サイバーコップ)

 
 
Barão Kageyama (影山バロン, Kageyama Baron): Vindo do futuro juntamente com Júpiter e Lúcifer, tem como objetivo o controle da Terra pelos computadores antes que os humanos a destruam. Frio, insensível e calculista, não mede esforços para conseguir seus objetivos, mesmo que tenha que machucar quem quer que seja, e por essa razão, muitos fãs o consideram como um dos maiores vilões do tokusatsu.

CYBERCOPS - 1988 (電脳警察サイバーコップ)

 
 
Cybercop, os Policiais do Futuro (電脳警察サイバーコップ) é uma série japonesa de tokusatsu que foi produzida pelos estúdios Toho, sendo exibida originalmente no Japão pela NTV entre 1988 e 1989.
 
No final da década de 1990, os crimes aumentaram assustadoramente, e o Japão ficou super violento. Para combater esta onda de crimes, foi criada uma divisão especial da polícia, o ZAC, comandada pelo Capitão Hisagi Oda e pela Tenente Shimazu Mizue. Com armas e equipamentos de última geração, o ZAC foi capaz de trazer a criminalidade novamente até um patamar aceitável, e cuidar para que ela se mantivesse assim.


O maior trunfo do ZAC eram quatro policiais de elite, Akira Houjou, Ossamu Saionji, Ryoiti Mori e Tomoko Uesugi. Akira, Ossamu e Ryoiti, os três homens da equipe, receberam armaduras especiais, de codinomes Marte (a verde), Mercúrio (a azul) e Saturno (a cinza), se tornando os Cybercops. Para "vestir" as armaduras, eles entravam em cápsulas especiais que as materializavam em seus corpos, e com elas tinham acesso a poderes como superforça, supervelocidade, superpulos e muitas armas.
 
 
Tomoko (interpretada pela cantora Mika Chiba, que, na época, tinha apenas 16 anos) não tinha armadura - até estava prevista para ela uma armadura Vênus, que acabou cancelada por falta de verba do ZAC - mas sua habilidade e perícia faziam com que ela fosse um membro da equipe tão valoroso quanto os Cybercops. Completavam a equipe do Zac os operadores Daisuke Yazawa e Miho Asakura, que ficavam na base distribuindo as missões. O principal modo de locomoção dos Cybercops era um carro de polícia modificado, com equipamentos de última geração, mas eles também usavam uma van que carregava as cápsulas de transformação.
 
A principal função dos Cybercops era ajudar a polícia local, enfrentando terroristas e outros bandidos mais perigosos. Um dia, porém, surgiu uma organização criminosa chamada Destrap (que, no original japonês, se chamava Deathtrap, a "armadilha mortal"), comandada pelo Barão Kageyama - na verdade, apenas uma marionete do computador super-avançado Fuller (Führer no original), que planejava dominar o Japão. Tendo entre seus membros os renomados cientistas Professor Einstein, Madame Durwin e Dr. Ployd, a Destrap se utilizava de monstros, até bem parecidos com as armaduras dos Cybercops, para cumprir seus propósitos malignos. Muito resistentes e controlados à distância pelo cientista que os inventou, os monstros da Destrap se mostravam fortes demais até mesmo para os Cybercops, que conseguiam enfrentá-los, mas não destruí-los.
 
Entretanto, bem no dia do primeiro ataque da Destrap, chegou ao Japão um misterioso jovem de nome Shinya Takeda, enviado pela Interpol para treinamento no ZAC. Lutando junto com os Cybercops, Takeda conseguiu controlar o poder da novíssima armadura Júpiter (a vermelha), que conta com um ataque especial capaz de destruir os monstros da Destrap. Admitido na equipe, Júpiter acabou se tornando uma espécie de líder, ganhando, ainda, uma moto futurista e um lugar na banda da qual os demais Cybercops fazem parte em seu tempo vago.

Mais para o meio da série, apareceu um "Cybercop renegado", Lúcifer, e a verdadeira origem de Takeda foi conhecida: ele veio do futuro, com uma missão desconhecida, mas perdeu a memória e se uniu aos Cybercops. Lúcifer também veio do futuro, aparentemente para matar Takeda. No melhor estilo tokusatsu, entretanto, ele foi mudando aos poucos, de vilão para rival amistoso e então aliado ocasional, principalmente após descobrir que Kageyama, que também veio do futuro, era o homem que ele realmente procurava, e não Takeda.
 
O sucesso da série no Brasil pode ser explicado pela combinação de alguns fatores. Apesar de um orçamento modesto (até mesmo para os padrões de uma série de tokusatsu), efeitos especiais nem sempre convincentes (em razão de problemas ocasionados pelo próprio formato Betamax,  Cybercops possuía um roteiro original, com uma história bem-elaborada. Além disso, foram evitados muitos clichês do gênero, que eram usados e abusados pela Toei, como robôs gigantes, super-bazucas, nomes dos personagens previsíveis, como "Red", "Blue", "Black", e outros.

 




HIROSHI WATARI



Hiroshi Watari (渡 洋史, nascido em 20 de Março de 1963 em Niigata, Japão) é um ator, cantor, dublê e coreografo japonês consagrado em séries tokusatsu.
Começou sua carreira como dublê em 1980, interpretando personagens de séries caracterizados e realizando "stunts" em cenas de ação. Em 1982, com apenas 19 anos, foi selecionado para viver o protagonista Den Iga na série Sharivan. A produção foi um sucesso instantâneo, lançando Watari para a fama e sucesso no ramo dos heróis japoneses. Após diversas aparições em produções do gênero (devido ao seu carisma frente ao público japonês), mais uma vez foi escolhido para viver o protagonista de uma série Metal Hero, Spielvan. Posteriormente, o ator continua participando de seriados e filmes do gênero, seja atuando ou elaborando coreografias de ação. É tido hoje, pelos fãs de tokusatsu, como um dos maiores atores e dublês da história do tokusatsu internacional, juntamente com nomes como Kenji Oba, Junichi Haruta e Toshimichi Takahashi. Famoso no Brasil também por ter interpretado o personagem Boomerman na série Jaspion.
 

TAKUMI TSUTSUI - JIRAYA (世界忍者戦ジライヤ)

 
 
Takumi Tsutsui (筒井 巧), (Osaka, 3 de Julho de 1964), é um ator, dublê e dublador japonês, conhecido do público brasileiro por ter interpretado Toha Yamaji, o protagonista ninja da série tokusatsu Jiraiya O Incrivel Ninja, em 1988. Ele também aparece no episódio 20 de Winspector, o "Soco Mortal", como Aizawa, um jovem que testemunha um assalto a um banco e descobre que o ladrão é seu melhor amigo Narita. O personagem de Takumi faz de tudo pra que seu amigo volte ao normal. Takumi atualmente trabalha como ator e dublador de filmes americanos no Japão. Ele já veio várias vezes visitar o Brasil, sendo que a última foi em 2013, junto com Akira Kushida que dentre seus sucessos canta a musica de abertura de Jiraiya. Takumi adora participar de maratonas de corrida e ele é muito bom em tênis de mesa.

sábado, 12 de julho de 2014

CONDE BLOODY - RYUKENDO (魔弾戦記リュウケンドー)

 
 
Sanguinador Conde Bloody (血煙伯爵ブラッディ): demônio robótico que salvou Yack Moon após sua derrota, somente com o objetivo de usar os poderes do espadachim. Logo após a morte do mesmo, ele ataca Akebono usando um OVNI e misteriosos hologramas de uma garotinha chamada Angela. É revelado, no mesmo episódio, que ele foi o verdadeiro responsável pela morte dos pais de Shiranami na Europa há 10 anos, eis que ele tentou destruir o núcleo Madan Ryu europeu; para evitar que a explosão do local destruísse toda a Europa, os pais de Koichi dissiparam a energia. Porém, a explosão custou suas vidas. A partir daí, Koichi e o vilão tornam-se inimigos mortais. Tem sob seu comando robôs metálicos chamados Astroids (アストロイド), usados para lutar contra os oponentes. Ainda, Bloody possui sob seu comando os Mecha Servos (メカ使い魔), Servos com circuitos e partes mecânicas notavelmente mais resistentes e espertos que os convencionais. Responsável por usar o corpo de Yack Moon para revivê-lo na forma de Mechanic Moon. Possui uma das partes da Chave Suprema dentro do corpo, retirada por Ryukendo Relâmpago. Em seguida, acabou destruído pelo Ataque do Caos de Ryuyin'o, que finalmente concretizou sua vingança contra o ciborgue.
 
 
 
 

LADY GOLD - RYUKENDO (魔弾戦記リュウケンドー)

 
 
Rainha Dourada Lady Gold (黄金女王レディゴールド): é uma guerreira que recusa-se a lutar usando monstros; suas principais armas são sua capacidade de manipular os sentimentos humanos e de assumir a forma de uma mulher para enganar seus inimigos. Logo em sua primeira aparição, põe em prática um plano para que a cidade perca a confiança nos Guerreiros Madan e o sentimento de medo dos cidadãos gere energia negativa. Em batalha, se mostra muito mais forte e exímia lutadora que ambos, derrubando-os facilmente. Somente Ryujin'o, também em sua primeira aparição, conseguiu igualar-se a ela em termos de poder. Além disso, possui três "guarda-costas" Servas, notavelmente mais fortes que os soldados comuns: Ganymede (ガニメデ, Ganimede), Europa (ユウロパ, Yūropa) e Phobos (フォボス, Fobosu). Ao longo da série, desenvolve uma rivalidade com Fudou, testada muitas vezes no campo de batalha. Possui uma das partes da Chave Suprema dentro do corpo, retirada por Ryukendo Relâmpago. Em seguida, acabou destruída por Ryugan'o ao ter sua fonte de vida - seu brinco - destruída.
 
 
 
 

YACK MOON - RYUKENDO (魔弾戦記リュウケンドー)



Máscara do Eclipse Lunar Yack Moon (月蝕仮面ジャークムーン, Gesshoku Kamen Jakku Mūn, 1-12, 21, 35-48, 51): um espadachim que trabalha para a Yamanga. Extremamente poderoso e hábil em batalha, consegue derrubar Ryukendo e Ryugan'o com facilidade. Apesar de ser um vilão, Yack Moon tem um código de honra: nunca atacar ou derrotar um inimigo mais fraco que ele, uma vez que considera tal ato uma perda de energia e de tempo. Porém, ele possui uma espécie de "lado negro", denominado lado monstro, que é justamente seu oposto: sente prazer em machucar e judiar dos mais fracos.

Esse seu lado despertou no episódio 12, quando manejou atacar Akebono de sua fortaleza voadora. Mesmo sendo derrotado por Ryukendo Trovão, Moon sobreviveu e ficou agonizando nas trevas até ser salvo por um misterioso robô. De volta, seu objetivo era uma batalha derradeira contra Ryukendo, o que ocorreu durante um eclipse lunar que lhe deu seus poderes antigos de volta. Mesmo mais forte, Yack Moon acabou derrotado pelo Ultra Corte Relâmpago de Ryukendo Trovão. Após certo tempo, Yack Moon "retorna" em uma nova forma: Mechanic Moon (メカニムーン, Mekanimūn), um ciborgue com adornos dourados e completamente sob o comando de Bloody, sem qualquer memória de sua vida como espadachim. Porém, após a vitória dos Guerreiros Madan sobre a Yamanga, Mechanic Moon volta a ser Yack Moon novamente, aparecendo na cidade e desejando um último duelo contra Ryukendo. Kenji vai ao seu encontro e ambos mostram seus poderes. Yack Moon está mais poderoso graças à lua negra da noite, e tem uma batalha dura contra Ryukendo terminando com os dois sem energia, porém no duelo final usando apenas as suas espadas, Yack Moon cai diante da técnica do Deus Dragão Narukami de Kenji, sendo derrotado pelo herói. Antes de morrer, mostra-se um adversário leal e honrado, reconhecendo Ryukendo como um oponente poderoso e aceitando a morte como seu destino.

DOUTOR WORM - RYUKENDO (魔弾戦記リュウケンドー)

 
 
Inseto Venenoso Professor Doutor Worm (毒虫博士Dr.ウォーム . Criador de monstros da Yamanga, é um insectóide que cria demônios a partir do poder das Chaves Madan. Inicialmente serve como um líder da organização, mas com a entrada de Lady Gold e Conde Bloody, perde um pouco seu "prestígio". É eventualmente revelado que Worm sempre soube das Chaves Supremas escondidas nos corpos dos líderes da organização, mas escondeu os fatos para proteger sua posição superior dentro da Yamanga. Quando os três descobrem, Worm é desmascarado e humilhado por eles, e durante o funeral que organizou para Rock Crimson, considera até mesmo aliar-se aos humanos. Porém, sem saída, o Doutor "finge-se" de vilão maligno e trai os Guerreiros Madan e seus ex-aliados, decidindo agir por conta própria para ressuscitar Fantasma Verde. Insano, Worm dá seu corpo como fonte de poder ao Grande Rei, que absorve sua energia para completar a transformação.
 
 

RYUKENDO - 2006 (魔弾戦記リュウケンドー)

 
 
Madan Senki Ryukendo (魔弾戦記リュウケンドー, Madan Senki Ryūkendō, traduzido como Crônicas Mágicas Ryukendo, é uma série tokusatsu japonesa. É a primeira produção da Takara Tomy, em parceria com a We've Inc. O programa foi exibido às 7:00h na TV Aichi de 8 de Janeiro a 31 de Dezembro de 2006, totalizando 52 episódios e 2 especiais. O sucesso de Ryukendo levou a Takara a criação de outro tokusatsu, Tomica Hero Rescue Force
 
Akebono é uma pacata cidade nos arredores do Japão, onde as pessoas vivem tranquilamente sem qualquer perturbação. Porém, a cidade possui um local denominado Ponto de Poder (パワースポット, Pawā Supotto), do qual provém enorme quantidade de energia. Essa energia tem atraído ataques de monstros e outras criaturas demoníacas da organização Jamanga, liderada pelo cientista Doutor Worm, cujo objetivo é concentrar grandes quantidades de Energia Negativa (マイナスエネルギー, Mainasu Enerugi) (obtida através dos sentimentos ruins dos seres humanos, como o medo e o pavor) para ressuscitar o Grande Rei Demônio da organização, Fantasma Verde. Para detêr as constantes investidas das criaturas, foi criada uma organização, a S.H.O.T. (Shoot Hell Obduracy Troopers), que se mantém em segredo e luta contra os demônios às escondidas.
 
 
 Paralelamente a isso, Kenji Narukami é um jovem que se muda para a pacífica Akebono e é confundido com um demônio logo em sua chegada. Ao mesmo tempo, um exército de soldados monstros começam a atacar Akebono, e Kenji se vê diante de um confronto entre a polícia local e os invasores. Após salvar o cachorrinho de um senhor e enfrentar um monstro aranha gigante, Kenji é derrubado e escolhido pela GekiRyuuKen, uma espada mágica com grandes poderes. Ao ativá-la, Kenji acaba se tornando o guerreiro Ryukendo, cujo destino é combater Jamanga.
 
Os Guerreiros Madan (魔弾戦士, Madan Senshi) são poderosos defensores cuja missão é proteger o planeta das ameaças das trevas. São eles Ryukendo, Ryugan'o e Ryujin'o. Para lutar, todos possuem uma arma de combate, que serve como dispositivo de transformação, e um set de chaves, cujas funções podem ser executar um ataque ou invocar seus mechas.
 
 
 

sexta-feira, 11 de julho de 2014

CHOUJIN BIBYUN - 1976 (われらの超神ビビューン)



Continuação de akuzaimer 3. Geberu morreu, às custas das vidas de Xavitan, Evil e Gabra, mas o Imperador Demônio Gulliver continua ativo, e já conseguiu um novo exército para tentar dominar a Terra: os Youkai, espíritos malignos vindos do Mundo dos Mortos.

O primeiro a perceber a invasão dos Youkai foi o metafísico Dr. Daima, que também identificou as almas dos Akumaizer 3 subindo aos céus. Para proteger a Terra, ele fez com que essas almas entrassem no corpo de três humanos, se combinando às deles e lhes conferindo incríveis poderes. Surgia assim o Super-Homem Bibyun.
 
Bibyun, de armadura vermelha, é o resultado da fusão da alma de Xavitan com o ginasta Kei Tsukimura. Seus poderes são baseados no fogo, e sua arma é a espada Sky Sword. Bibyun pode cravar a espada no chão para que ela funcione como uma espécie de radar, que detecta os Youkai, ou para utilizar o Sky Sword Fire. Bibyun ainda tem a habilidade de materializar objetos desenhando-os na terra com sua espada, e um golpe especial no qual se transforma em uma bola de fogo e destrói os inimigos.

Já a alma de Gabra se combinou ao halterofilista Go Watabe, transformando-o em Zushiin, que tem armadura laranja e se parece com um catcher de beisebol. Os poderes de Zushiin são baseados na terra, e ele possui uma força descomunal. Sua arma é a maça Mokane, que pode ser usada para criar terremotos - batendo com ela no chão com força, logicamente - e suas habilidades incluem a capacidade de perfurar o chão como uma broca e de se transformar em um monte de terra. Em seu golpe especial, Zushiin se transforma em um pedregulho e esmaga os inimigos.

Finalmente, a alma de Evil se combinou com a do nadador Ichiro Suga, resultando em Bashaan, de armadura azul. Seus poderes são baseados na água, sua principal arma é a pistola de água Pepe, e ele pode se transformar em uma fonte de água ou em uma enorme bola de água, que afoga os inimigos.
 
Diferentemente dos Akumaizer 3, Bibyun, Bashaan e Zushiin podem alternar entre suas formas humanas e demoníacas à vontade, mas, evidentemente, só têm poderes quando transformados. O Dr. Daima atua como seu mentor, e sua principal aliada é a policial Lisa Akechi. Sua base é o avião Crimson Shark, que possui inteligência própria, e pode alternar seu tamanho entre o de um avião normal e o de um aeromodelo. Nos primeiros episódios, Crimson Shark ficava voando pela cidade à procura de Youkai, chamando Bibyun, Bashaan e Zushiin quando os encontrasse. Cada um dos três heróis tem também sua própria motocicleta.

Os vilões eram os Youkai, liderados pelo Imperador Demônio Gulliver, que só mostrou sua verdadeira face no episódio 24 - desde o episódio 37 de Akumaizer 3, ele só aparecia como um painel de luzes piscando. Assim como na série anterior, Gulliver comandava os Youkai à distância, desta vez o comando direto cabendo a dois Youkai, Shindo e Birin. Curiosamente, no episódio 24, Shindo e Birin mudariam de lado, e passariam a fornecer informações sobre os Youkai para os heróis.

Também criação de Shotaro Ishinomori, Chojin Bibyun teve 36 episódios, exibidos na TV Asahi de julho de 1976 - estreando uma semana depois de Akumaizer 3 chegar ao fim - a março de 1977. As aparências de Bibyun, Bashaan e Zushiin eram esboços de Ishinomori para as séries do Kamen Rider, que acabariam não sendo aproveitados nelas. Bibyun não fez tanto sucesso quanto Akumaizer 3, e hoje é bem menos lembrada que sua antecessora
 
 

quinta-feira, 10 de julho de 2014

CHOJIN BAROM 1 - 1973 (超人バロム・1)

 
 
No final de 1971, graças ao sucesso do Kamen Rider, a Toei foi procurada por executivos da TV Yomiuri. Conhecido por exibir anime, o canal achou que seria um bom momento para investir em tokusatsu, e quis que a mesma companhia do Cavaleiro Mascarado fosse a responsável pela produção de seu primeiro seriado. Após conversas entre o diretor do departamento de TV da Toei e o produtor da Yomiuri, chegou-se a uma definição sobre como seria a série, e que ela seria, mais uma vez, a adaptação de um manga de sucesso.
Barom One foi um manga de relativo sucesso, escrito por Takao Saito e publicado durante quase todo o ano de 1970 na revista semanal Shukan Bokura Magazine. Curiosamente, o herói e personagem título era pouco mais que uma cópia do National Kid (que, por sua vez, tinha muito em comum com o Super-Homem): um alienígena com superforça e capaz de voar, que usava como armas duas pistolas de raios e defendia a Terra de ameaças do espaço sideral. Quando Barom One foi escolhido como manga a ser adaptado, entretanto, Shotaro Ishinomori fez as modificações necessárias para que a série tivesse as características que já estavam estabelecidas como próprias do tokusatsu, como os monstros da semana e o henshin (a transformação do protagonista sem poderes em um herói mascarado). O resultado foi que o tokusatsu acabou ficando completamente diferente do manga, com os únicos pontos em comum sendo os nomes do herói e do vilão. Apesar de ter dado cara nova à série, desta vez Ishinomori não se envolveu com a produção, que ficou a cargo de Akira Hirayama, que trabalhava com Ishinomori em Kamen Rider.

No universo de Barom-1 existem duas forças opostas que vagam pelo universo: Doruge é a encarnação do mal, existindo para criar caos, conflito e destruição; enquanto Kopu é a força do bem e da paz. Um dia, Doruge chega à Terra, e começa a infectar as criaturas do planeta com suas células malignas, que fazem com que elas se transformem em monstros. Durante o primeiro ataque desses monstros, dois jovens amigos, Takeshi Kido e Kentaro Shiratori são salvos por Kopu. Kopu lhes revela que eles são parte de uma antiga profecia, e que receberão poderes para proteger a Terra e acabar com a ameaça de Doruge de uma vez por todas. Com esses poderes, toda vez que os amigos dão as mãos, se transformam no Super-Homem Barom-1.


Barom-1 tem dois metros de altura, superforça, é imune a doenças e venenos, pode resistir a calor e frio intensos, correntes elétricas, à pressão esmagadora do fundo do mar e até ao vácuo do espaço. Apesar de ele ter uma certa personalidade própria, ambos os amigos continuam no controle durante a transformação, com o brilhante Kentaro sendo responsável por sua inteligência e o atlético Takeshi por sua coordenação motora. Nessa dualidade é que está o principal ponto fraco de Barom-1: os amigos devem estar sempre em perfeita sincronia para que o herói atue; se eles se desentenderem ou brigarem entre si, a transformação cessa imediatamente, e eles voltam apenas a ser dois estudantes. Se eles estiverem de mal ou brigados, não conseguem nem fazer com que a transformação ocorra.

O arqui-inimigo de Barom-1, Doruge, é uma criatura espacial semi-sólida e com poderes telepáticos, que cria os monstros (chamados Dorugeman) injetando suas próprias células em criaturas da Terra. Doruge pode assumir aparência humana, na qual posa como um homem rico em uma cadeira de rodas, que conta com dois servos humanos para fazer parte de ser trabalho sujo. Além desses servos e dos monstros da semana, ele conta com um exército de estranhas criaturas chamadas Antoman, que brotam do chão para espalhar destruição .

Barom 1 teve 35 episódios, exibidos entre abril e novembro de 1972. Em dezembro de 2002, em comemoração pelos 30 anos da série, Barom-1 ganhou uma versão em anime, produzida pela Enoki Films com 13 episódios . A história é mais ou menos a mesma do tokustasu, mas, no anime, a força do mal se chama Gaumont, e chega à Terra no dia em que Kentaro e Takeshi nascem - ambos no mesmo horário. Quando os dois amigos completam 14 anos, as criaturas malignas de Gaumont começam a atacar, e então eles recebem a visita de Kopu, que lhes dá braceletes que permitem que eles se transformem em Barom-1.
 
 


THE KAGESTAR - 1976 (ザ・カゲスター )

 
 
 
Kageoh Sugata era um titereiro - o profissional que trabalha com teatro de marionetes - que, para poder pagar suas contas, aceitou um emprego burocrático em uma grande corporação. Quando a filha de seu chefe foi sequestrada, Sugata e a secretária Suzuko Kazamura, que presenciaram o crime, partiram para salvá-la. Eles conseguiram, mas foram atingidos por uma enorme descarga elétrica no processo. Ao invés de morrer eletrocutados, eles ganharam incríveis poderes: logo Sugata descobriria que adquiriu a habilidade de combinar seu corpo com sua própria sombra, se transformando no super-herói Kagestar!
 
 

Kagestar (que se pronuncia "caguestar", e não "queigestar"; kage significa "sombra" em japonês) foi criado por Akira Hirayama, em uma tentativa de fazer um herói de tokusatsu mais parecido com os super-heróis norte-americanos, desde sua origem, passando por seu visual - sua capa é praticamente uma bandeira dos Estados Unidos - até seu nome, que começa com um artigo, coisa que nem existe em japonês. Seguindo esse raciocínio, Kagestar tem até um sidekick, Bellestar, que é ninguém menos que Kazamura, que também ganhou o mesmo poder de se combinar à própria sombra após o choque.


Até mesmo os vilões de Kagestar começam em um esquema mais americano: o arqui-inimigo de Kagestar é Dr. Satan, um ex-cientista nazista megalomaníaco que planeja dominar o mundo. Para isso, ele começa se utilizando de criminosos os quais arma com a mais moderna tecnologia, não muito diferentes de vilões de quadrinhos de super-heróis. Mais tarde, como aparentemente essa fórmula não estava funcionando, Dr. Satan resolve usar sua tecnologia para criar monstros, mutantes e ciborgues obtidos através de animais normais.


Kagestar possui uma moto, chamada Kagerocar, com a qual consegue fazer incríveis acrobacias, e um estranho avião em formato de pássaro, o Kageboosee. Sua principal arma é uma pistola de raios, parecida com uma lanterna, e sua capa pode se transformar em várias armas, como espadas e lanças. Seu principal poder, entretanto, é o de controlar sua própria sombra, que pode, inclusive, assumir um tamanho gigantesco para destruir os monstros do Dr. Satan. Bellestar também conta com uma motocicleta, Bellecar, possui uma espécie de bracelete com guizo que a avisa quando o perigo está próximo, e acompanha Kagestar em todas as batalhas, mas não tem tantos poderes a mais - aparentemente, o choque que a atingiu não foi tão forte.

The Kagestar também foi exibido pela TV Asahi, entre abril e novembro de 1976, meia hora depois de Akumaizer 3 e Bibyuun. Teve um total de 34 episódios e um filme. Exibido pouco após o episódio 13, foi no filme que Kagestar deu sua guinada em direção ao estilo tokusatsu, com Dr. Satan finalmente se revelando e decidindo criar os monstros que passaria a utilizar contra Kagestar no lugar dos bandidos.

 
 

quarta-feira, 9 de julho de 2014

SUKI! SUKI! MAJOU SENSEI - 1971 (好き!すき!!魔女先生)

 
 
Suki! Suki!! Majou Sensei (que traduz para algo como Nós Te Amamos, Professora Bruxa!) era uma adaptação de um manga muito famoso na época, chamado Sen no Me Sensei, a "professora de mil olhos". Escrito por Taro Akira e publicado desde 1968 na revista semanal Teen Look, o manga era destinado às meninas, e tinha como protagonista a professora Hikaru Tsuki. Secretamente uma alienígena de um universo distante (!), Hikaru tinha incríveis poderes, que incluíam a capacidade de voar e de encolher objetos ao seu bel-prazer. Ela até usava esses poderes para combater o crime, mas sua principal atividade era agir como conselheira e amiga de uma turma de estudantes recém-transferidos para uma escola do Ensino Fundamental de Tóquio. O manga lidava com problemas típicos da pré-adolescência, como a descoberta do amor e o bullying, com a professora Hikaru fazendo o seu melhor para ajudar seus alunos a superar essa tão conturbada fase da vida.
 
A série em tokusatsu foi criada por Shotaro Ishinomori (mesmo criador de Kamen Rider) e teve 26 episódios, que foram ao ar de outubro de 1971 a março de 1972. Até a metade da série  o tokusatsu era bastante fiel ao manga. Exceto por uma ou outra intervenção de um monstro espacial, a principal função de Hikaru era aconselhar as crianças, e, quando ela usava seus poderes, continuava com sua aparência normal.

 A partir do episódio 14, entretanto, Hikaru ganhou uma identidade secreta, a da heroína Andro Mask, um arqui-inimigo, Phantom, e os episódios passaram a se comportar como um tokusatsu normal, cada um com um monstro da semana e com a principal função de Hikaru sendo combatê-los, com as crianças ficando em segundo plano.

Apesar dessa meio-bagunça, Majou Sensei foi uma série de grande sucesso, muito elogiada por seus efeitos especiais e por seu figurino caprichado - enquanto o Kamen Rider vestia um casaco Adidas e se transformava com um efeito tosco, Andro Mask tinha um lindo uniforme e se transformava com efeitos que só seriam vistos em séries da Toei anos mais tarde. Além disso, Majou Sensei foi visionário, já que outro seriado de ação destinado a meninas e protagonizado por uma mulher não estrearia no Japão até 1985, quando a própria Toei adaptaria o manga Sukeban Deka (a "colegial detetive"), cuja protagonista é uma estudante que também é agente secreta.

Graças a Majou Sensei, a atriz que interpretava a professora Hikaru, a linda ex-modelo Yoko Kiku, se tornaria uma das atrizes mais famosas e requisitadas do Japão, estrelando dezenas de séries e filmes nos quatro anos seguintes. Infelizmente, em 1975, aos 24 anos, Yoko morreria enforcada por seu namorado em sua própria casa. À polícia, ele diria ter ciúmes de sua carreira, e ter tido um acesso de fúria quando ela disse que desejava terminar o namoro.
 
 
 
 

segunda-feira, 7 de julho de 2014

KOUSOKU ESPER - 1965



A série Esper teve sua origem por volta de 1964, quando um conhecido desenhista japonês Osamu Asano é contratado para criar uma figura para ser utilizada como um emblema nas campanhas publicitárias da companhia de eletrodomésticos Toshiba. Dessa forma que nasce o personagem Esper, uma espécie de mascote, que acompanharia os folhetos e manuais da empresa. Em 1966, o personagem se tornou tão popular que foi transformada em mangá, produzida por Reiji Matsumoto (o mesmo criador de Patrulha Estelar), que o transformou em dois volumes encadernados


Um ano depois, o personagem foi transformado numa série de televisão com o nome de Kousoku Esper, produzido pela Senkousha Productions, com o patrocínio da Toshiba evidentemente e apresentado originalmente pela televisão japonesa Nihon TV, a partir de 1 de agosto de 1967, num total de 26 episódios. A série foi criado por Reiji Matsumoto, dirigido por Hiroshi Fukuhara, Takeshi Yamada, entre outros e contou com roteiros de vários autores tais como Tadaaki Yamazaki, Ryuzo Nakanishi, Tatsuo Tamura e a trilha sonora de Katsuhisa Hatori.


 A história da série Esper começa violentamente com uma colisão entre um balão, no qual passeavam o garoto Hikaru e seus pais e uma nave espacial invisível alienígena, causando a morte dos pais do garoto. Os tripulantes da nave alienígena compadecidos com a tragédia resolvem tomar as identidades dos pais do garoto e cuidar dele. Hikaru é equipado com um supertraje espacial que lhe permite voar e receber armas especiais.
 
 
Um outro motivo era o grande risco que a Terra corria ao ser invadida por outros seres galácticos malignos, que tentavam conquistar a Terra. Diante disso Hikaru é preparado pelo seu mentor e quando surge algum problema grave, Hikaru dá um salto enquanto grita "Esper" e instantaneamente ele aparece voando dentro de seu traje espacial.

Esper era sempre acompanhado por sua mãe, que assumia a forma de uma pequena ave robô chamada de Shikar que pousava em seu ombro para dar-lhe diversos sermões e conselhos. Atualmente a série é lembrada, não pela sua qualidade técnica, que na época era muito modesta, mas pelas suas histórias eloqüentes que agradavam bastante a garotada. No Brasil esta série foi apresentada em 1978 pela TV Record e também pela extinta TV Tupi. Nos anos 80 chegou a ser apresentada na TV Gazeta de São Paulo com o nome de Vésper.